Marcos Nimrichter calcado no improviso e na entrega
Marcos Nimrichter

UM ARTISTA COMPLETO!

Novo Projeto

O disco Trio$ é um disco ousado, onde músicos de renome tocam de forma livre e integrada um repertório composto por grandes nomes da música brasileira.

Vale a pena ter o seu! Saiba mais sobre o projeto.

Não perca nenhuma novidade!

Receba as atualizações de nosso site em seu email

Os Projetos
Ábuns Musicais do Artista, Parcerias ou Participações Especiais.
SoundCloud Album Record

Ouvindo Agora

Radamés em Companhia - Assanhado
2007
SoundCloud Album Record

Ouvindo Agora

Radamés Gnattali 100 Anos - Bate Papo A Três Vozes
2006
SoundCloud Album Record

Ouvindo Agora

Tangos Tropicais - As Canções Que Você Fez Para Mim
2010
SoundCloud Album Record

Ouvindo Agora

Jobim Sinfônico - Garota de Ipanema
2003
SoundCloud Album Record

Ouvindo Agora

Querência - Clair De Lune (vinheta)
2012
SoundCloud Album Record

Ouvindo Agora

Homenagem a Luiz Eça - Dolphin
2004
SoundCloud Album Record

Ouvindo Agora

Baião Mineiro - Se Outra Paixão
2016
SoundCloud Album Record

Ouvindo Agora

Marcos Nimrichter - Resulátero
2002

Pensado como trilha sonora da série “América Latina”, que ouve vozes indignadas e talentosas da região, o trabalho ganhou vida própria. Filmado em preto e branco, com direção de Felipe Nepomuceno e registro em HD, chega às lojas em formato CD e DVD, trazendo 16 canções.

O trabalho expõe a interação do pianista e acordeonista Marcos Nimrichter com músicos, canções e instrumentos. Calcado no improviso e na entrega, os registros ganham amplitude na versão exclusivamente de áudio, mas se dispersam na tela.

A inserção de imagens dilui o jogo de sentimentos, presente em clássicos de Claude Debussy (“Clair de Lune”), Beethoven (“Sonata ao Luar”) e “Aguita Serpentina”, música de autor desconhecido que conta com a participação da cantora argentina Laura Meradi.

Ases

Com formação autodidática, Nimrichter, que já se apresentou ao lado de Chico Buarque, Cássia Eller, Milton Nascimento, Zé Kétti e outros ases da música popular brasileira, apresenta composições instrumentais de própria autoria e algumas em parceria com o flautista Mauro Senise, também participante do álbum.

Ele reitera a envergadura de sua obra, em canções de aspecto sinuoso e crescente, como “Mergulhadores”, “Querubim”, “Kiron” e “Querência”. Dentre todas, destaca-se a emocionante “Cavalgando o vento”.

Ao adentrar o universo de outros compositores, como Frédéric Chopin, Robert Schumann, e Astor Piazzolla, na estupenda “Oblivion”, Marcos seduz o ouvinte em solos intermináveis, que suscitam o desejo de continuísmo.

Livre

“Candombito”, incrementado com a voz e o violão de Kevin Johansen, é outro belo momento. “Mulher Rendeira”, de Zé do Norte, fecha o álbum de maneira primorosa, com o acréscimo da feliz surpresa.

Em suma, o CD vale mais a pena que o DVD, porque permite a possibilidade de uma degustação mais livre de seu conteúdo.

 

 

 

FONTE: Raphael Vidigal - Do Hoje em Dia

Galeria de Imagens

Vinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.xVinaora Nivo Slider 3.x